É PERDOANDO QUE SE É PERDOADO

wallpaper-cristao-retirarei-deles-coração-de-pedra_800x480

 “Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.” Efésios 4:32

“Suportando-vos uns ao outros, e perdoando-vos uns ao outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.” Colossenses 3:13

Segundo o Apóstolo Paulo o perdão é uma característica do verdadeiro Cristão. Jesus, na oração dominical ensina que se não perdoarmos não seremos perdoados (“e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas”. Mateus 6:12,14,15). Jesus está nos ensinando que não temos o direito de pedir perdão a Deus se não estamos disposto a perdoar os que nos ofendem. Diante desses ensinamentos precisamos encerrar de frente, com sinceridade de coração, os ressentimentos que estivermos abrigando contra quem quer que seja. O Cristão tem que compreender isto: o perdão vertical (nosso relacionamento com Deus) só poderá ser alcançado se praticarmos o perdão horizontal (no nosso relacionamento com o nosso semelhante). Quando avaliamos o grande perdão que Deus nos concedeu em Cristo, somos levados a perdoar ao irmão. Quando amamos a Deus de todo o nosso coração, de toda a nossa alma, de toda a nossa força e de todo nosso entendimento seremos capazes de liberar perdão ao nosso irmão. O amor a Deus é o que nos capacita a perdoar e nele encontramos as condições para exercer a reconciliação quando somos os ofensores e o perdão quando somos os ofendidos. A responsabilidade cristã de perdoar não está limitada por um número de vezes e o Senhor fica indignado quando nos esquecemos do perdão que Deus nos oferece e não nos dispomos a amar o semelhante através do gesto do perdão. Ele diz que seremos castigados pelo Pai celestial. Leia com bastante atenção Mateus 18. 22-35 Negar o perdão é uma atitude hipócrita e Deus não ouvirá a oração de um hipócrita.

Fico triste quando vejo alguém que conhece a Bíblia há muito tempo, saindo de uma Igreja, indo para outra, com o coração cheio de ressentimento, de amargura, cheio de ódio. Este alguém jamais será abençoado enquanto não liberar perdão, enquanto não colocar em prática a Palavra de Deus. O bom Cristão tem a Bíblia na mão, na mente e no coração. Alguém assim se expressou: “A pessoa que sabe que é suscetível à queda estará mais pronta a perdoar as ofensas de seus semelhantes”. D. Martyn Lloyd –Jones disse: “Se realmente conhecemos a Cristo como nosso Salvador, os nossos corações são quebrantados, não podem ser duros, e não podemos negar o perdão”.

Você que lê essa reflexão não se esqueça disto: o perdão é uma característica do verdadeiro Cristão. Nada neste mundo vil e em ruína ostenta a suave marca do Filho de Deus tanto quanto perdão. “… Perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. … Se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também”.

Não corra para lá e para cá, não fuja de quem o ofendeu, exercite o perdão, POIS É PERDOANDO QUE SE É PERDOADO. “Tudo quanto, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas”. Mateus 7:12

Rev. Paulo Duarte Neves

foto: http://www.wallpaperscristaos.com.br/

comments powered by Disqus